.

.

8 de ago de 2013

Avião acidentado nos EUA estava abaixo da velocidade, diz conselho



















Avião decola ao lado de destroços do boeing 777 da Asiana Airlines no Aeroporto Internacional de San Francisco, dois dias depois do acidente que deixou dois mortos. (Foto: Justin Sullivan/Getty Images/AFP)

O avião da companhia aérea Asiana que caiu no sábado no aeroporto de San Francisco, nos Estados Unidos, voava a uma velocidade de 103 nós segundos antes de bater no paredão em frente à pista, muito abaixo da meta de 137 nós, de acordo com um gravador de dados de voo recuperado pelo Conselho Nacional de Segurança nos Transportes.

O acidente, ocorrido durante o pouso, provocou duas mortes, por motivos ainda não confirmados oficialmente.

A presidente do conselho, Deborah Hersman, disse a repórteres nesta segunda-feira (8) que três segundos antes do impacto o motor do avião estava operando na metade da capacidade e que a potência estava aumentando. No impacto, a velocidade era de 106 nós.

Entrevista

Os quatro pilotos do avião que caiu vão ser entrevistados ainda nesta segunda, entre uma série de medidas para descobrir o motivo do acidente, disse Hersman nesta segunda.

Investigadores estão tentando determinar agora se o acidente foi provocado por erro do piloto, problemas mecânicos ou qualquer outro motivo. Hersman afirmou que a transcrição dos registros do voo, que estão parte em inglês, parte em coreano, já começaram a ser feitas.

Ela confirmou que o avião estava viajando a 103 nós a três segundos antes do acidente, muito abaixo dos 137 nós ideais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário