.

.

15 de ago de 2012

Cobham recebe novo contrato relativo ao programa KC-390 da Embraer




























A Embraer Defesa e Segurança assinou um contrato com a Cobham para o desenvolvimento e entrega do tanque auxiliar de combustível na fuselagem (AFFT – Auxiliary Fuselage Fuel Tank) para o programa da aeronave de transporte tático militar/reabastecimento aéreo KC-390 para Força Aérea Brasileira (FAB).

A assinatura do contrato de US$ 30 milhões ocorre após um detalhado processo competitivo com base na experiência da empresa em design, produção e fornecimento de sistemas de tanques de combustíveis de aeronaves.

Comentando a encomenda, o vice presidente da Cobham Equipamentos de Missão, Iain Gibson, disse: “Este prêmio consolida a nossa posição na aeronave, com base na seleção anterior de nossos pods de reabastecimento aéreo nas asas, radome no nariz e das sondas de reabastecimento aéreo”.

Segundo a empresa, o avançado AFFT para o KC-390 será modificado para atender às exigências de peso.

A Cobham já assegurou dois contratos com valores não revelados para o desenvolvimento e fornecimento do radome frontal e das sondas de reabastecimento aéreo para as aeronaves KC-390. Os contratos foram celebrados em agosto de 2012 e dezembro de 2011, respectivamente.

A produção e qualificação dos radomes estão previstas para 2013, em antecipação ao primeiro vôo de teste em 2014.

A empresa também vai fabricar, entregar e montar nas asas os pods de reabastecimento aéreo para o KC-390 da Embraer sob um contrato de US$ 60 milhões, assinado em separado em setembro de 2011.

O Embraer KC-390 é uma aeronave bimotora de transporte aéreo militar médio projetado para executar as missões de transporte de tropas e de carga nas regiões da Antártica e Amazônia, bem como oferecer as capacidades de reabastecimento em voo, busca e salvamento (SAR) e evacuação médica.

Um total de 28 aeronaves KC-390 já foram encomendadas pela Força Aérea Brasileira, como parte de um acordo de US$ 1,3 bilhão assinado em abril de 2009 com a Embraer, para ajudar a substituir sua atual frota de 22 aviões C-130E/Hs e KC-130 fabricados pela Lockheed Martin.

O primeiro vôo da aeronave KC-390 deverá ocorrer em 2014, seguido pela entrada em serviço operacional até o final de 2015.

Fonte Cavok

Nenhum comentário:

Postar um comentário