.

.

2 de ago de 2011

EMBRAER 121 XINGÚ







O Embraer EMB-121 Xingu é um elegante avião turbohélice produzido pela empresa brasileira Embraer. O belíssimo design desta aeronave teve como base o EMB-110 Bandeirante, tendo o mesmo desenho das asas e motor, mas com uma fuselagem completamente nova. Seu primeiro vôo ocorreu em 10 de outubro de 1976, entrando em serviço em 20 de maio de 1977, com utilização tanto civil como militar.

Uma versão modificada, mais silenciosa do EMB-121, o EMB-121A1 Xingu II, foi introduzida em 4 de setembro de 1981, com um motor mais potente (PT6A-135), e uma outra versão com fuselagem ligeiramente mais espaçosa (EMB-121B (Xingu III), com motores PT6A-42, não chegou a ser produzida em série.

Ao final da produção do modelo, em agosto de 1987, a Embraer havia produzido 106 unidades, sendo que 51 foram exportados. Atualmente a Força Aérea Francesa tem o maior número de EMB-121 em atividade, com 43 aviões em serviço.

Este projeto próprio de aeronave pressurizada da EMBRAER, principalmente os detalhes técnicos relativos a tecnologia inovadora da pressurização, foi utilizado como base para dar origem ao modelo turbohélice para transporte de passageiros EMB-120 Brasília, um sucesso de vendas nos principais mercados mundiais.

Na Força Aéra Brasileira, apenas o 6° ETA, sediado na Base Aérea de Brasília, possui EMB-121 Xingu. As 3 aeronaves em operação são utilizadas para transporte de autoridades governamentais e para apoio ao VI Comando Aéreo Regional.

Características Técnicas VU-9 Xingu Motor PT6A-135
  • Tripulação: Piloto e co-piloto (um mecânico também compõe a tripulação básica na Força Aérea Brasileira)
  • Capacidade: 8 POB
  • Comprimento: 12,25m
  • Envergadura: 14,46m
  • Peso Máximo de Rampa: 5.700 kg
  • Peso Máximo de Decolagem: 5.670 kg
  • Peso Máximo de Pouso: 5340Kg
  • Capacidade Total de Combustível: 1720 litros
  • Capacidade Utilizável: 1692 litros
Performance
  • Velocidade Máxima: 251kt
  • VMC (Velocidade Mínima de Controle): 96kt embandeirado e 110kt não embandeirado
  • Vento Cruzado Máximo para pouso e decolagem: 25kt
  • Alcance: 2.278 km (1.230 nm)
  • Teto de serviço: 26.000 ft

Nenhum comentário:

Postar um comentário