.

.

25 de ago de 2011

Delta compra 100 aviões da Boeing


Negócio está estimado em US$ 8,5 bilhões; objetivo é modernizar frota com aeronaves de menor consumo de combustível

 

A companhia aérea americana Delta anunciou nesta quinta-feira 25/08/2011 que negociou a aquisição de cem aviões Boeing 737-900ER, pedido avaliado em US$ 8,5 bilhões, que receberá entre 2013 e 2018 para substituir os modelos antigos e modernizar sua frota com aviões de menor consumo de combustível.
Essas aeronaves, a última versão do popular modelo 737 de Boeing que se caracteriza por uma maior eficiência energética, têm capacidade para 180 assentos e autonomia que permite voar qualquer rota operada pela Delta dentro dos Estados Unidos.
"Com estes aviões de nova geração da Boeing, ofereceremos aos nossos clientes uma experiência superior a bordo, ao mesmo tempo em que melhoramos os benefícios para nossos acionistas", indicou em comunicado o executivo-chefe da Delta, Richard Anderson.
A companhia aérea começará a receber os primeiros 12 aviões na primeira metade de 2013, 19 aeronaves ao ano entre 2014 e 2017 e os 12 restantes em 2018.
Delta ressaltou que os Boeing 737-900ER consomem entre 15% e 20% menos de combustível por assento que os antigos modelos 757, 767 e Airbus A320 aos quais substituirão.
"Com a economia gerada pela melhor eficiência no consumo de combustível e a redução dos custos de sua manutenção, estes aviões serão rentáveis desde o primeiro ano", assinalou Anderson.
A série 737-900ER também será a primeira a que Delta oferecerá os novos assentos "Sky Interior", equipado com mais espaço para bagagem de mão, uma cabine mais espaçosa e ventilada e um sistema de iluminação de baixo consumo. 

FONTE DE INFORMAÇÃO SITE economia.ig.bom.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário