.

.

25 de jul de 2011

EMBRAER T-27 TUCANO












O Embraer EMB-312 Tucano é um avião turbohélice de treinamento e ataque leve, desenvolvido e fabricado pela empresa brasileira Embraer. Seu primeiro voo ocorreu em 1980, com as primeiras unidades entregues em 1983.

Designado na Força Aérea Brasileira (FAB) como T-27, foi destinado ao treinamento avançado no 1º EIA (Esquadrão de Instrução Aérea, esquadrão Cometa)de cadetes aviadores do 4o ano da Academia da Força Aérea Brasileira, localizada em Pirassununga, município do Estado de São Paulo.

Também foi utilizada como aeronave leve de ataque sendo designada de AT-27. A FAB encomendou 133 aeronaves.

Avião moderno com assentos em tandem (assento de trás mais alto que o da frente), foi um dos maiores sucessos da Embraer, com produção superior a 600 unidades.

É a aeronave utilizada pelo Esquadrão de Demonstração da Força Aérea Brasileira (Esquadrilha da fumaça).

Principais utilizadores do modelo padrão

    Brasil: 109 unidades (de 151 unidades recebidas)
     Egito: 14 mais 40 unidades produzidas sob licença pela Helwan.
    Argentina: 30 unidades.
    Honduras: 12 unidades.
     Irã: 15 unidades. (de 50 unidades recebidas)
    Paraguai: 6 unidades.
     Peru: 30 unidades (6 unidades revendidas a Angola).
     Venezuela: 31 unidades.
     Colômbia: 14 unidades.

Especificações (EMB 312 Padrão)

    Motor: Pratt & Whitney Canada PT6A-25C de 750 shp
    Velocidade Máxima: 448 km/h
    Velocidade de Cruzeiro: 319 km/h
    Teto de Serviço: 9.144 m
    Alcance: 2.055 km
    Envergadura: 11,14 m
    Altura: 3,40 m
    Bitola: 3,76 m
    Comprimento: 9,86 m
    Peso Vazio: 1.810 kg
    Peso Básico: 2520 kg (dois pilotos, óleo, fluido hidráulico e tanques cheios)
    Peso Máximo de Decolagem: 3.175 kg
    Peso Máximo de Aterragem: 2800 kg
    Armamento: 4 pilones sob as asas podendo carregar casulos de metralhadoras 12,7mm, foguetes e bombas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário