.

.

5 de ago de 2012

WestJet confirma pedido de 45 aeronaves Bombardier Q400 NextGen



















Concepção artística de um novo Bombardier Q400 NextGen nas cores da companhia aérea canadense WestJet. (Foto: Bombardier)

A Bombardier Aerospace anunciou nessa semana que a encomenda condicional colocada pela WestJet, no dia 28 de junho de 2012, foi convertido para um pedido firme de compra para até 45 aviões Q400 NextGen. A transação inclui ainda 20 aviões Q400 NextGen encomendados diretamente da fabricante com opções adicionais de 25 aeronaves. A carta de intenção da WestJet para a aquisição destas aeronaves foi anunciada no dia 1° de maio de 2012.

Conforme anunciado anteriormente, com base no preço de lista das aeronaves Q400 NextGen, o pedido firme está avaliado em cerca de US$ 683 milhões, e pode aumentar para cerca de US$ 1,59 bilhão se as 25 opções forem convertidas em pedidos firmes.
“Estamos muito satisfeitos que nossas negociações com a Bombardier levaram à finalização deste contrato de compra”, disse Gregg Saretsky, Presidente e CEO da WestJet. “Esperamos agora realizar o ajuste fino do nosso plano para lançar nossa nova companhia aérea regional no segundo semestre de 2013. Temos toda a confiança que os aviões Bombardier Q400 NextGen são perfeitos para nosso novo empreendimento. É uma aeronave que servirá a WestJet e os nossos clientes muito bem e estamos ansiosos para trazer tarifas baixas e nossa notável experiência entregue aos nossos WestJetters para muitas novas comunidades”.
“A WestJet será a quinta operadora e quarta companhia aérea no Canadá que vai colocar nossas aeronaves Q400 em serviço, juntando-se a cerca de 40 outras operadoras ao redor do mundo que gostam de explorar economia, flexibilidade, velocidade, conforto para os passageiros e impressionantes credenciais ambientais”, disse Mike Arcamone, Presidente da Bombardier Commercial Aircraft. “A aeronave Q400 está em serviço numa variedade de mercados que vão desde típicos mercados de curta distância com turboélice a oportunidades de longo curso para substituição de jatos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário