.

.

16 de set de 2011

Mulher é acusada de agressão sexual após atacar comissário de bordo



Uma mulher de 25 anos tentou atacar sexualmente um comissário de bordo durante um voo que partiu da África do Sul com destino ao aeroporto de Heathrow, na Inglaterra.
Katherine Goldbergh (foto acima) havia bebido meio litro de uísque durante a viagem, quando segurou o comissário pela virilha e disse que queria fazer sexo com ele.

Após se desvencilhar da mulher, o comissário, que não quis ter seu nome identificado, apresentou queixa de agressão sexual contra a passageira.

Na tarde da última segunda-feira, Katherine foi julgada. O promotor público responsável pelo caso afirmou que a passageira tinha consumido 500ml de bebida alcoólica quando se deu a agressão. A reportagem é do Daily Mail.

"Ela estava embriagada no avião e começou a abusar sexualmente um dos membros da tripulação, exigindo ter relações sexuais com ele, além de pegar em seu pênis e na região da virilha", disse o promotor.

O advogado de Katherine conseguiu adiar o julgamento e pediu que sua cliente recebesse apenas uma advertência por má conduta. "É uma acusação grave, mas há boas razões para acreditar que seria de interesse público que ela recebesse apenas uma advertência", afirmou o advogado.

Durante o julgamento, Katherine permaneceu todo o tempo chorando e só falou seu nome, endereço e data de nascimento. Ela segue em liberdade condicional até o julgamento final, que está marcado para o dia 22 de setembro.

Vestindo uma camisa branca e calças de luz rosa e aparecer chorando no banco dos réus, ela só falou para confirmar seu nome, endereço e data de nascimento e foi concedida fiança incondicional até sua próxima aparição no mesmo tribunal em 22 de setembro.

O fato inusitado ocorreu no dia 24 de agosto último, a bordo de um Airbus A340-600 da Virgin Atlantic que realizava o voo VS602 desde Joanesburgo, na África do Sul para Londres, na Inglaterra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário