.

.

24 de fev de 2012

Engenheiro coloca uma turbina de avião em sua moto

O engenheiro norte-americano Tony Pandolfo resolveu dar uma "apimentada" no desempenho de sua moto. Ele adaptou uma turbina de avião de caça à motocicleta. Tony está acostumado com alta velocidade, uma vez que foi corredor de lanchas durante anos.
















A motocicleta escolhida foi uma Suzuki Hayabusa que, em si, já oferece alto torque, velocidade e capacidade de aceleração. O motor de um caça F14 empurra a motocicleta que tem autorização legal para rodar nas ruas, deixando um rastro em chamas saindo do escapamento.

O mais impressionante da adaptação é o som que a Hayabusa produz. O “grito” da motocicleta ao mover-se lembra o de um avião e chama bastante atenção. Além do motor adaptado, a Hayabusa recebeu freios reforçados e deixou a gasolina de lado. Agora, a moto queima querosene.

Tony diz que nunca a acelerou ao máximo, mas que ela deve superar em velocidade qualquer outra motocicleta do mundo, embora ele tenha tido a preocupação de não deixá-la muito poderosa, fazendo com que a moto seja o mais amistosa possível. Em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, o engenheiro californiano comentou que a nova Hayabusa chega facilmente aos 160 Km/h.

O engenheiro comenta que a Hayabusa troca marchas automaticamente e qualquer um que consiga conduzir uma Scooter comum poderá pilotar a moto à jato. O resultado chama tanta atenção pelas ruas da Califórnia que o engenheiro já vende o serviço. Pela quantia de US$ 100 mil (ou RS$ 172 mil), ele promete converter qualquer moto com motor comum para uma moto à jato. Se você está interessado no serviço, basta acessar ao site www.jetpowercycles.com e fazer a sua encomenda.

No vídeo abaixo, você pode ver o resultado da soma entre uma Hayabusa e um motor de caça:


Nenhum comentário:

Postar um comentário