.

.

27 de fev de 2012

Avião que transportará corpos de militares decola rumo à Antártida

Fonte: Rede Globo G1




Segundo a FAB, ainda não há previsão de chegada dos corpos ao Brasil.

Questões meteorológicas e de translado podem alterar programação.

 

O avião que trará ao Brasil os corpos dos dois militares mortos no incêndio que atingiu a base da Marinha na Antártida na madrugada de sábado (25) decolou às 12h20 desta segunda-feira (27) de Punta Arenas, no Chile, rumo à base chilena Eduardo Frei. 
Força Aérea Brasileira (FAB) informou que os corpos do suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e do sargento Roberto Lopes dos Santos, que permanecem na base chilena na Antártida, no entanto, ainda não têm previsão certa de retorno. Questões burocráticas de translado, segundo a FAB, podem atrasar o processo.
No domingo, o ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou que os corpos devem chegar ao Brasil na terça-feira, mas condições meteorológicas também poderiam adiar os planos.
A aeronave, um Hércules C-130 da FAB, é a mesma que fez o transporte dos 41 brasileiros sobreviventes ao acidente, que chegaram na noite de domingo ao Brasil. Ela partiu da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, à meia-noite e chegou a Punta Arenas por volta das 9h30, horário local.

ENTENDA O ACIDENTE

A Estação Comandante Ferraz foi atingida por um incêndio na madrugada deste sábado (25), que matou dois militares e feriu um. A Marinha do Brasil afirmou em nota no domingo que 70% das instalações da estação foram destruídas.
Todo o prédio principal da base, onde ficavam o alojamento e alguns laboratórios de pesquisa, foi atingido pelo fogo. Ficaram intactos os refúgios – módulos isolados usados apenas em emergências – e os laboratórios de meteorologia, de química e de estudo da alta atmosfera, assim como os tanques de combustíveis e o heliponto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário