.

.

14 de set de 2011

Aeroportos particulares movimentam mercado de aviação executiva


















São Paulo, setembro de 2011 – A Global Aviation, dona da maior frota de aviação executiva do Brasil, divulga levantamento de voos em aeroportos particulares homologados pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil. Até o momento, houve um crescimento de 10% de decolagens em jatos executivos com destinos autorizados pelo órgão, em comparativo com todo o ano de 2010. Em sete meses, ocorreram mais voos particulares do que no ano passado inteiro.
“Em sete meses, já temos um índice de crescimento representativo em relação a todo o ano passado, o que mostra que o mercado de aviação executiva, assim como o civil, está em expansão com cada vez mais procura e demanda”, comenta Ricardo Gobbetti, sócio e presidente da Global Aviation.
Destinos particulares para Bahia ainda lideram o ranking com aumento de 8,2%, seguido por São Paulo com a maior taxa de crescimento, 45,8%. Voos internacionais, para a Argentina e Itália, também aparecem no levantamento seguindo a média de 10 a 15 viagens por ano. Outros estados procurados são Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão e Goiás.
 “Acreditamos que a superlotação nos aeroportos e o enforcamento dos passageiros nos voos ‘tradicionais’ têm levado as pessoas com maior poder aquisitivo a migrar para a aviação executiva, o que eleva a movimentação e, assim, crescimento do mercado”, avalia Gobbetti.
Sobre a GLOBAL AVIATION
A Global Aviation atua há mais de 16 anos no mercado de aviação executiva, sendo proprietária de uma das maiores frotas nacionais com mais de 50 aeronaves modernas e de primeira linha. Com uma média de 18 voos diários e mais de 10 mil clientes atendidos nestes anos de operação, a Global também atua como intermediária na compra de aviões e helicópteros e oferece serviço de hangaragem e manutenção. Sua outra característica é atuar no transporte aeromédico, contando com aeronaves configuradas com UTI aérea e transporte de órgãos.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário